Publicidade


quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Dr. Edmilson Henauth recebe Título de Cidadão Cortesense

O Médico do Trabalho, Cardiologista e Vereador de Bonito, Dr. Edmilson Henauth (PSB), foi agraciado na noite desta terça-feira, dia 18, com o título de Cidadão Cortesense. A cerimônia aconteceu no Salão Paroquial da cidade de Cortês. A proposta de entrega do título de cidadão foi do ex-vereador Walter de Lira, durante a legislatura 2012/2016.

Diversas autoridades políticas marcaram presença no evento, dentre eles o ex-prefeito de Cortês, Ernane Borba e do atual Gestor, Reginaldo Moraes, além dos vereadores da cidade de Bonito, Ítalo Damasceno (PSB) e Paulinho de Devá (PDT).

Dr. Edmilson é médico na cidade de Cortês há 22 anos e criou uma identidade particular com a população daquele município. Durante seus agradecimentos, o agraciado falou de sua trajetória do município, além de pessoas que contribuíram com o seu trabalho. Acompanhe o discurso do mais novo Cidadão Cortesense, Dr. Edmilson Henauth.

"É com grande honra, mas revestida de muita responsabilidade que honrosamente recebo dessa casa Legislativa Municipal, o título de cidadão cortesense. A princípio gostaria de agradecer ao ex-Vereador Walter de Lira Silva Júnior, autor desta outorga, e os demais vereadores da legislatura 2012/2016, que aprovaram este Decreto Legislativo. Falarei um pouco da história e de como surgiu a cidade que hoje acolheu-me como seu filho. 
Em 1872, o Capitão Francisco Velozo da Silveira, comprou um terreno no sítio chamado Cortês, região elevada, às margens do Rio Serinhaem, no distrito de Ilha de Flores, terceiro do termo e Comarca do Bonito. Velozo sonhou fazer do sítio uma cidade e logo começou a vender lotes, em 17 de abril de 1875, fez a doação do terreno ao Senhor Francisco das Chagas, determinando que todos poderiam construir desde que pagassem foro a época. Em 1890, um Decreto Estadual desmembrou o povoado do município Bonito incorporando-o ao município de Amaraji. 
Dois grandes acontecimentos ocorreriam definitivamente para sobreviver e prosperar: A construção ora iniciada, foi interrompida, deixando o terminal em Cortês e a fundação da Usina Pedrosa pelos descendentes do Barão de Bonito, localizado a 7 quilômetros de Cortês. A usina foi inaugurada em 1892 e trouxe melhoria econômica para região. Sendo assim elevada à categoria de município com a denominação de Cortês, pela Lei Estadual 1818 de 29/12/1953, desmembrando-se de Amaraji. Possui, uma população estimada em 13.000 habitantes. 
A economia do município é baseada na agroindústria açucareira. Além da cana-de-açúcar, destacam-se como produtos agrícolas o abacaxi, a mandioca, a banana e batata-doce. também tem um potencial turístico muito grande ainda pouco explorado com atenção especial o Rio Sirinhaém que apresenta várias cachoeiras em destaque o parque BALNEÁRIO DANIEL JOSÉ DE OLIVEIRA - O BANHO DA CERVERJA. 
Minha relação com essa tão amada cidade e o seu povo começa em 1996, recém formado, chego para trabalhar como médico plantonista da unidade mista de Cortês Elvira Valença Borba, onde aprendi muito e tenho uma gratidão imensurável, passei a escrever meus primeiros passos, como clínico geral, junto a um povo caloroso e acolhedor desta cidade, iniciando definitivamente uma relação de amor com todos vocês. 
Em 1998 criamos neste mesmo município o programa de hipertensos e diabéticos (HIPERDIA), através da secretaria municipal de saúde, onde realizava palestras, caminhadas da saúde pelas ruas dessa cidade para estimular a atividade física, atendimento médico, prescrição e entrega dos medicamentos. 
Aqui faço um agradecimento especial aos funcionários da secretaria de saúde, aos diretores do hospital e aos agentes comunitários de saúde: Adilma, Bira, Alenildo, Zilma, Marilene, Assis, Carlito, Valinda, Dona Carmen, Francisca, Rosa, Fernanda voluntária a época. Aos pacientes que acreditaram em meu trabalho e que são a minha razão de viver para a medicina. Em nome de Damião in memorie que já sem as pernas fazias questão de ir as consultas em um carinho de mão, aquela imagem nunca saiu da minha memória, pois representa a vontade de seguir vivendo apesar das dificuldades. 
A partir de 2001, já formado em cardiologia passei a atuar também como cardiologista do município, a convite do então prefeito Sr. Ernane Borba, até a presente data. Quero da mesma forma agradecer o empenho e a dedicação de todos que trabalharam ou trabalham comigo: Rosinha, Neide, Nelma, Menininha, Evandro, Sulei enfim todos que me ajudam a fazer o melhor para o os corações cortesense. 
"Ao longo desses 22 anos no município de Cortês, aprendi muito com sua gente, quer seja na área médica como clínico/cardiologista dessa cidade, bem como passei a conhecer de perto o sofrimento, as inúmeras virtudes e a capacidade de superação de um povo sofrido pelas dificuldades sócio-econômicas de sua cidade, principalmente para aqueles que dependem da safra de cana de açúcar para sobreviver". 
Por fim, quero agradecer primeiro a Deus por todos nós estarmos aqui e por estar vivendo este dia tão feliz em minha viva, à minha mãe Edna Maria da Silva Henauth e a minha família, Maria Aline minha esposa e minhas filhas, Aos colegas ex-vereadores em especial ao ex- vereador Walter de Lira Junior e aos vereadores em nome de Salatiel Santos, Aos ex-gestores e ao atual prefeito Sr. Reginaldo Moraes, do município que sempre valorizam meu profissionalismo, Ao meu querido e amado povo de Cortês, do qual hoje me torno honrosamente mais um humilde filho para continuar servindo ao seu povo”. 
Dr. Edmilson Henauth
Dr. Edmilson Henauth e sua esposa, Aline Henauth

Dr. Edmilson, Edneide Henauth (Irmã) Edna Maria Henauth (mãe)

Dr. Edmislson, Salatiel (Vereador), Dr. Eduardo Farias (Vice-prefeito) Geninho (Ex-prefeito)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...