Publicidade


sexta-feira, 15 de junho de 2018

[Projeto Memória] Os 99 anos de Massilon

Iniciamos o Projeto Memória mostrando um pouco da história de Massilon Pessoa Cavalcanti, um agricultor que passou pelo comércio e entrou na política para ajudar o desenvolvimento do município do Bonito e sua população.


Massilon Pessoa Cavalcanti (Arquivo/Família)

"A gratidão tem memória curta". a frase é do grande estadista brasileiro, Benjamim Constant, mas, ela retrata bem o sentimento de Bonito para com a história de Massilon. Um homem que tanto fez pela cidade e zona rural, e que hoje não tem o seu nome reconhecido, estampado em nenhuma praça, prédio público ou até mesmo numa rua. O velho Massilon merecia mais respeito, principalmente por parte da classe política bonitense. A história política de Massilon Pessoa Cavalcanti precisa ser transformada em livro para que seja imortalizada através das escritas.

Massilon Pessoa Cavalcanti

Agricultor, Comerciante e Político, nasceu em 15 de junho de 1919, em Bonito, há exatos 99 anos. Massilon foi eleito vereador durante 4 legislaturas (1949/52 - 1053/56 - 1977/83 e 1983/88), ocupou o cargo de vice-prefeito por 3 vezes, inclusive chegou a ter mais votos do que o prefeito na época em que prefeito e vice-prefeito podiam ser votados separadamente. (1957/60 - 1961/65 e 1965/69)

Em 1969 foi eleito prefeito do Bonito com a maior diferença percentual da história, cargo que ocupou até o ano de 1973. Massilon foi o primeiro prefeito da região a comprar com recursos próprios uma máquina Motoniveladora, sendo responsável pelo maior programa de abertura de estradas vicinais na zona rural do município, com isso facilitou a construção de diversas escolas em comunidades rurais.

Foi Massilon Pessoa que abriu a estrada para ligar a cidade de Bonito ao Distrito de Alto Bonito (PE-109), também foi em Alto Bonito que Massilon fez uma das suas principais obras, o calçamento da principal avenida do Distrito. Conheça abaixo algumas das ações de Massilon Pessoa Cavalcante como gestor do município.

 Realizou o maior Programa da história de abertura de estradas rurais;
• Construiu uma lavanderia pública em Bonito, e outra em Alto Bonito;
• Inaugurou o primeiro calçamento de Alto Bonito;
• Implantou a luz elétrica no Distrito de Estreito;
• Realizou o calçamento da Avenida Dr. Alberto de Oliveira (trecho da Banda do Biu até o trevo);
• Abriu a estrada para Alto Bonito (PE-109);
• Primeiro Prefeito da Região a comprar com recursos próprios, uma Máquina Moto-niveladora; • Construiu e implantou um Posto de Saúde com Maternidade, médico e dentista, em Alto Bonito e Estreito, existente até hoje;
• Criou a Fundação Educacional do Bonito (FEBO), implantando pequenas escolas em toda zona rural do município; 
• Construiu a primeira quadra de esporte da cidade do Bonito, na Praça da Bandeira;
• Implantou o primeiro parque infantil da cidade na Praça da Bandeira;
• Construiu escolas Rurais em diversas localidades.
• Realizou a primeira reforma geral do Hospital Dr.Alberto D'Oliveira;
• Adquiriu duas Ambulâncias para atender a população;
• Adquiriu três gabinetes dentários, uma marco para a época;
• Implantou a primeira iluminação de vapor de sódio e colocação dos braços das luminárias modernas;
• Construção da Praça da Matriz;
• Calçamento da Av. Agamenon Magalhães;
• Calçamento da Av. Joaquim Nabuco;
• Formou diversas comunidades que hoje se transformaram no Bairro da Bandinha e nas ruas Manoel Anacleto de Souza (Três Cacetes) e Esdras Emiliano de Souza (Rua do Sapo).


Discursando na posse como prefeito do Bonito
1969/73 (Arquivo/Família)

Herança Política

Massilon mostrou força na década de 70 fazendo um feito até então inédito, elegeu dois filhos para a Legislatura de 1977/83 da Câmara Municipal, Massilon Pessoa Cavalcanti Filho (Pessoinha) e José de Holanda Cavalcanti (Zé Holanda). Zé Holanda voltou a ocupar a cadeira do legislativo municipal novamente 1992/96, ocupando a presidência no biênio 93/94. Já Pessoinha se elegeu vereador por mais duas legislaturas (2009/10 (Suplente) e 2013/16), e ocupou o cargo de vice-prefeito por duas vezes (1997/00 e 2001/04) 

Massilon Pessoa Cavalcanti saiu da vida pública em 1988, após perder a eleição para Laércio Queiroz, porém, permaneceu contribuindo para o desenvolvimento do município de forma direta com o seu comércio. Massilon Pessoa Cavalcante faleceu no dia 20 de julho de 2014. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...