Publicidade


terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Janeiro Branco: Saúde Mental - Por Bruna Batista Santos

Estamos iniciando um novo ano, com ele novos objetivos, planos e desafios, janeiro mês de recomeço, momento de ressignificar a existência e seguir um novo caminhar.

Em janeiro de 2014 nasceu a Campanha de Conscientização dos Cuidados com a Saúde Mental, que tem como objetivo chamar atenção da sociedade para a importância de pensar, debater, difundir o conceito e o cuidado de forma ampliada, bem como, expandir a necessidade da saúde mental como circunstância fundamental para o bem- estar, o trabalho e a convivência social, tendo em vista que o tema é pouco abordado em saúde pública, mas que afeta a qualidade de vida da sociedade como um todo, seria também uma forma de colocar a Saúde Mental em máxima evidência no mundo em nome da prevenção ao adoecimento emocional.

É possível perceber a necessidade de cuidado com a saúde mental diante dos numerosos casos de depressão, ansiedade, pânico, suicídios e outras condições de sofrimento psicológico. O tema saúde mental ainda é contornado por fortes tabus, devido à antiga cultura de higienização, de loucura e anormalidade, frente aos avanços do tempo e da sociedade se faz necessário repensar o sentido de cuidado do lado emocional, pois, todos nós temos.

Quando falamos em saúde do corpo, todos aceitam o cuidado preventivo. Faz sentido cuidar do corpo para que ele não sofra e adoeça, para não “ficarmos na mão” no futuro. Mas, e da mente? Por que a mente só recebe cuidados quando a coisa já está “no fundo no poço”? E o impacto diário em nossa vida emocional? O estresse, os problemas financeiros, familiares, as inseguranças, os medos? Parece mais do que justo que cuidemos daquilo que controla todo o nosso corpo, pois o corpo pode estar bem, mas se a cabeça vai mal, então, tudo vai mal.

Diante do tempo corrido, do excesso de compromissos e responsabilidades negligenciamos o nosso maior manejo de bem-estar, buscar um suporte psicológico não significa perder o controle de sua vida, pelo contrário, significa manter-se no controle, significa compreender que a situação te fragiliza e buscar formas de lidar com isso. É refletir sobre o sentido e o propósito das suas vidas, a qualidade dos seus relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas, suas emoções, seus pensamentos e sobre os seus comportamentos.

Eis um novo tempo, novos horizontes se abrem, novas possibilidades, inícios e reinícios possíveis, e o convite é refletir sobre os caminhos que já foram percorridos e os destinos aos quais desejam chegar. Esse convite pode ser o convite para uma vida com mais harmonia, mais propósitos e mais sentido existencial. Aproveite o janeiro, o novo ano e cuide-se, sua Saúde Mental precisa estar bem! “Quem cuida da mente, cuida da vida.”



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...