Publicidade


quarta-feira, 2 de agosto de 2017

[Vitória da Corrupção] Por 264 a 227, Câmara decide não investigar Temer

A rejeição da denúncia pela Câmara dos Deputados é uma "conquista do estado democrático", diz Temer.



493 deputados votaram no Plenário da Câmara Federal na noite desta quarta-feira (02) em relação ao pedido de investigação contra o presidente Michel Temer. No total, 263 parlamentares foram contra a denúncia direcionada ao presidente e 227 a favor da investigação. 19 deputados faltaram a votação e dois se abstiveram do pleito.


O presidente Michel Temer afirmou, há pouco, em pronunciamento no Palácio do Planalto, que a rejeição da denúncia pela Câmara dos Deputados é uma "conquista do estado democrático".
"Quero fazer um breve pronunciamento no dia em que a Câmara dos Deputados, que representa o povo brasileiro, manifestou-se de forma clara e incontestável. A decisão soberana do parlamento não é uma vitória pessoal de quem quer que seja, mas é uma conquista do estado democrático, da força das instituições e da própria Constituição", afirmou o presidente.
Temer foi denunciado pela Procuradoria Geral da República ao Supremo Tribunal Federal pelo crime de corrupção passiva, com base nas delações de executivos da J&F, grupo que controla a JBS.

O STF só poderia analisar a denúncia, contudo, se a Câmara autorizasse. Como a maioria dos deputados decidiu barrar o prosseguimento do processo, a acusação do Ministério Público contra Temer ficará parada na Corte até o fim do mandato de Temer, em 31 de dezembro de 2018.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

6 anos levando a notícia com responsabilidade.

6 anos levando a notícia com responsabilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...