Publicidade


quinta-feira, 16 de março de 2017

Sescoop/PE divulga práticas do Cooperjovem em Camocim

A analista de cooperativismo foi recebida pela vice-presidente da Cooperativa, e coordenadora pedagógica do colégio, Simone dos Anjos.

Divulgação/Assessoria
A Cooperativa de Ensino Monte Carmelo, situada na cidade de Camocim de São Félix, a 122 quilômetros da capital pernambucana, recebeu a visita da analista de cooperativismo do Sescoop/PE, Madalena Nascimento. O objetivo da ida até o local era de divulgar as conquistas do programa Cooperjovem em Pernambuco e convidar a direção da escola a fazer parte do grupo de cooperativas de educação que já participam das capacitações para trabalhar a metodologia do projeto, voltada à propagação dos ensinamentos cooperativistas, aliado à interdisciplinaridade.

A analista de cooperativismo foi recebida pela vice-presidente da Cooperativa, e coordenadora pedagógica do colégio, Simone dos Anjos. Ela apresentou a instituição de ensino a Madalena e falou da atual estrutura. De acordo com a dirigente, hoje, a escola funciona em um mosteiro da ordem Carmelita e opera somente no turno da manhã, trabalhando com crianças e jovens do Infantil até o ensino Médio, totalizando 213 alunos. Já na parte administrativa, a cooperativa possui 28 cooperados, sendo boa parte deles professores. A escola é uma referência de ensino na região e recebe estudantes de mais quatro cidades vizinhas a Camocim.
Divulgação/Assessoria

Na apresentação do que é o Cooperjovem, Madalena ratificou o objetivo do programa na formação de uma melhor convivência entre os alunos a partir da inserção de uma proposta educacional com a estrutura focada na integração com o espaço social dos estudantes. Ela ainda revelou que, de acordo com o propósito do projeto, a meta é construir valores e práticas da cooperação, tendo como base os princípios do cooperativismo.

Para preparar o corpo docente para essa prática, o Sescoop/PE está realizando uma série de encontros de capacitação. Um dos próximos eventos será uma visita até o estado do Piauí, local com maior número de cooperativas participantes do projeto no Brasil. O caso de sucesso será acompanhado por professores de quatro cooperativas de educação que participam do projeto, sendo das cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Feira Nova, Triunfo e Limoeiro. Esse evento está na agenda do Cooperjovem em Pernambuco, assim como as visitas técnicas a cada colégio que recebe o programa, com o intuito de afinar cada vez mais o processo de aprendizado.

“O projeto tem como fundamento levar a cultura da cooperação ao jovem e despertar, tanto nele como nos professores, a consciência de que o cooperativismo é uma boa opção a ser seguida. Não só nas escolas, mas em diversos ambientes de convívio social. Dessa maneira, é possível uma maior integração entre equipe docente, educandos e da família com a escola”, comentou Madalena.

Após a apresentação do projeto, a vice-presidente da instituição se admirou por ainda não conhecer um projeto tão bom, de acordo com ela, e que se encaixaria perfeitamente com a metodologia de ensino trabalhada na Monte Carmelo. “Esse é um projeto que divulga as bases do cooperativismo com muita força. Vejo com grande possibilidade aderirmos a ele e, assim, nos juntarmos a outras cooperativas de educação que já o abraçaram. Irei levar a proposta a uma reunião com outros integrantes da cooperativa para estudarmos essa proposta de parceria com o Sescoop/PE”, exaltou a dirigente.


Assessoria



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

6 anos levando a notícia com responsabilidade.

6 anos levando a notícia com responsabilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...