Publicidade


terça-feira, 16 de agosto de 2016

Rio 2016: Thiago Braz é ouro no salto com vara e quebra o recorde Olímpico

Brasileiro venceu a disputa com o francês Renaud Lavillenie, até então campeão da prova, e ainda quebrou o recorde Olímpico ao saltar 6,03m

Thiago Braz comemora: medalha de ouro vem com recorde Olímpico anexado (Foto: Getty Images/Shaun Botterill)

O brasileiro Thiago Braz alcançou um feito duplamente incrível na noite desta segunda-feira (15). O brasileiro, que não era um dos favoritos no salto com vara, conquistou a medalha de ouro e ainda derrubou o recorde Olímpico da prova, para delírio do público no Estádio Olímpico, o Engenhão.

É a primeira medalha do Brasil no salto com vara na história, bem como o primeiro pódio do atletismo brasileiro no Rio 2016. O último ouro tinha sido o de Maurren Maggi no salto em distância, em Pequim 2008. Já o último recorde Olímpico era o de Joaquim Cruz em Los Angeles 1984, também a última medalha de ouro no atletismo masculino. Pois Thiago quebrou todas essas marcas com um salto de 6,03m, deixando para trás o francês campeão Olímpico em Londres 2012, Renaud Lavillenie, que não superou o sarrafo em 5,98m.

LEIA TAMBÉM:
>> Poliana Okimoto é Bronze na Maratona Aquática
>> Arthur Zanetti fica com a Prata nas Argolas
>> Diego Hypólito é Prata e Arthur Nory é Bronze no solo da Ginástica Artística

A medalha de bronze ficou com o norte-americano Sam Hendricks, que ficou nos 5,85m.Aos gritos de “vai, Thiago” e “eu acredito”, o brasileiro teve atuação surpreendente ao ultrapassar em 10cm a melhor marca da carreira até então, que era de 5,93m. Nos Jogos Rio 2016, além do francês, o brasileiro deixou para trás outros grandes nomes da prova, como o tcheco Jan Kudlicka e o polonês Piotr Lisek. "É incrível, meu primeiro salto acima de 6 metros", declarou o brasileiro.

A conquista da medalha de ouro enloqueceu ainda mais a torcida, que já estava elétrica desde o início da prova. "Antes, por competir em casa, eu pensava que o torcedor brasileiro ia me pressionar. Mas só me apoiou, me ajudou muito", disse Thiago Braz ao canal Sportv. Com o ouro garantido, primeiro surgiram os gritos de "é campeão".

Saudado por toda a arquibancada, o medalhista de ouro deu a volta Olímpica enquanto o sistema de som do estádio tocava "País Tropical", de Jorge Ben Jor. Sem sombra de dúvidas, "um brasileiro abençoado por Deus".


rio2016.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

6 anos levando a notícia com responsabilidade.

6 anos levando a notícia com responsabilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...