Publicidade


domingo, 31 de julho de 2016

Professora repudia áudio ligando Greve a grupo político

"O pensamento de um, jamais representa ou representará o pensamento de todos", disse a professora.

Durante a semana uma polêmica tomou conta das redes sociais no município. Alguns áudios ligando o movimento dos professores a um grupo político da cidade virou motivo de muita discussão entre Grevistas e pessoas ligadas ao gestor do município. A legalidade da Greve foi colocada em xeque, principalmente por correligionários do prefeito, de imediato o Sindicato reuniu os grevistas para tomar alguma providência.

A Professora Jô Santos, leu um texto explicando a situação e lamentando que um ato em "um grupo particular do WhatsApp" feito por uma pessoa que "não está a frente do movimento" venha distorcer e prejudicar uma luta séria e que busca uma melhoria para uma categoria e não para algumas pessoas. Leia abaixo o texto na íntegra e o vídeo gravado durante a Assembleia que decidiu pelo mantenimento da Greve.


"Queridos amigos (as), muitos politiqueiros que não conseguem tirar a camisa partidária nem mesmo para dormir, tentam tirar proveito de um movimento digno e de pleno direito como é o nosso. Vale salientar que nenhum movimento está livre de ter em seu meio apaixonados políticos, e estes infelizmente se encontram em todos os lugares 
A nossa LUTA é justa e coerente! Jamais compactuaríamos com o enorme absurdo que ouvimos em um áudio, no qual alguém que não está a frente do movimento se posiciona em um grupo particular de WhatsApp contrariando tudo aquilo que a categoria de professores defende.
Portanto, como participante ativa do movimento e conhecedora dos objetivos do movimento que são: valorização do professor através de um salário digno, revisão e reforma do PCRM, garantia das 200 horas aulas para todos, além da revitalização da previdência do Servidor Municipal, através da realização de concurso público é que venho aqui informar que continuamos na Luta para atingir todas as melhorias almejadas pela classe; Vale ressaltar também que: Não é de hoje, que o professor luta de forma até desproporcional para que não continue perdendo em sua caminhada profissional.
Vamos permanecer firmes, independentemente dos obstáculos que surgirem. até porque a nossa luta está além das questões partidárias e o pensamento de um, jamais representa ou representará o pensamento de todos."

Com informações da Assessoria



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

6 anos levando a notícia com responsabilidade.

6 anos levando a notícia com responsabilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...