Publicidade


quarta-feira, 27 de abril de 2016

Policiais rodoviários solicitam apoio de Côrte Real em projeto de fortalecimento da categoria

Deputado federal mostrou-se solidário ao pleito e vai buscar abrir canal de interlocução entre os servidores e ministérios

Foto: Divulgação
Representantes do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais de Pernambuco (SinPRF-PE) reuniram-se, nesta quarta-feira (27), com o deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) e pediram apoio do parlamentar para a implementação do Projeto de Fortalecimento Institucional (PFI) da categoria. A iniciativa busca, entre outras medidas, ampliar o número do efetivo policial nas rodovias em todo o Brasil, melhores condições de trabalho para os servidores públicos e maior eficiência do órgão de segurança.

O deputado Jorge Côrte Real mostrou-se solidário ao pleito dos policiais rodoviários e informou que vai buscar abrir um canal de interlocução entre os ministérios da Justiça e do Planejamento e a categoria, no intuito de atender as solicitações contidas no PFI. “A PRF desempenha um importante trabalho de segurança cidadã, pois ao mesmo tempo em que garante a segurança dos motoristas também promove a ação de patrulhamento e monitoramento das nossas estradas. Esse projeto é de interesse não apenas de um segmento, mas de toda a sociedade. Uma polícia rodoviária fortalecida é importante para todos os cidadãos”, afirmou o petebista.

Segundo o diretor jurídico do SinPRF-PE, Paulo André, em Pernambuco, o fortalecimento da PRF poderá significar a reabertura de postos rodoviários em municípios como Moreno, Quipapá, Carpina, entre outros. Hoje, esses equipamentos encontram-se fechados por falta de efetivo. Outra medida contida no PFI seria a contratação de servidores para a área administrativa da corporação. “Dessa forma, poderemos colocar nosso efetivo que hoje realiza uma atividade burocrática para cuidar das estradas”, disse o sindicalista.

Ainda de acordo com Paulo André, em todo o Brasil há, aproximadamente, 9,3 mil policiais rodoviários para patrulhamento de milhares de quilômetros de rodovias federais. O sindicalista destacou que o Tribunal de Contas da União (TCU), recentemente, recomendou que seriam necessários mais de 20 mil homens e mulheres para cuidar das estradas brasileiras.


Assessoria






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

6 anos levando a notícia com responsabilidade.

6 anos levando a notícia com responsabilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...