Publicidade


sexta-feira, 4 de março de 2016

MPF investiga atraso da Barragem de Serro Azul

Procuradoria apura motivos de suposta demora na conclusão de reservatório. 

(Foto: Paula Cavalcante/G1)






















O Ministério Público Federal (MPF) investiga, por meio de inquérito civil, os motivos do suposto atraso das obras na Barragem de Serro Azul, localizada na Mata Sul de Pernambuco. Segundo portaria publicada no Diário Oficial da instituição, há o risco de “galgamento da barragem”, ou seja, do reservatório transbordar.
"A segurança da Barragem de Serro Azul ainda não pode ser considerada adequada, considerando o atual estágio de construção", assinala a procuradora da república Ana Fabíola de Azevedo Ferreira. Por meio de nota, a assessoria de Comunicação do Secretaria de Desenvolvimento Econômico informou ao G1 que o "inquérito já foi concluído e não existe risco de galgamento".
A nota informou ainda que a conclusão do inquérito sobre o galgamento foi no mês de janeiro. A portaria de instauração do inquérito foi publicada no Diário Oficial do MPF no dia 2 de março. "As obras da Barragem de Serro Azul estão em execução com prazo de conclusão mantido até o final do primeiro semestre de 2016. Não havendo risco de galgamento, pois a parte terrosa da barragem já está superior à cota 186, o que já garante segurança para a população", diz a nota do governo do estado.

G1




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

6 anos levando a notícia com responsabilidade.

6 anos levando a notícia com responsabilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...