Publicidade


segunda-feira, 16 de novembro de 2015

POLITEIA: BASTIDORES DA POLÍTICA BONITENSE



Ganhando espaço

O empresário Aristheu Figueiredo participou de uma entrevista com o comunicador Josival Ricardo e Wilamar Junior da rádio Agreste FM, e passou um pouco dos seus objetivos em entrar para a política de forma maciça, colocando seu nome a disposição da população da cidade para o próximo pleito eleitoral. Aristheu mostrou sereninade e seriedade na entrevista, inclusive falando que não tem problema nenhum com o gestor do município, nem com o outro pré-candidato, Walter Maroja. 

Entrando para a história

Entrar para a vida pública sempre marca a história de qualquer pessoa, seja ela como prefeito, vereador, deputado ou outro cargo eletivo, principalmente quando acontece fatos marcantes durante o período ocupado por ele. Um exemplo disso é a legislatura do vereador Dr. Edmilson Henaulth, principalmente nesse período o qual ele está ocupando a presidência da Casa Leônidas Vila Nova. Além de mostra uma certa imparcialidade na forma de conduzir os trabalhos da Casa, o vereador também tem ajudado a realizar eventos que entraram para a história da Câmara. Em pouco menos de dois meses, a Câmara de vereadores entregou um Titulo de Cidadão Bonitense a um Senador da República, nesse caso, o Senador Douglas Cintra, e recentemente o lançamento do livro do jornalista e blogueiro Magno Martins.

Coordenador de campanha

O grupo político encabeçado pelo empresário Aristheu Figueiredo, denominado de grupo novo, saiu na frente e já nomeou o seu Coordenador de campanha, e o nome escolhido para essa função foi o do Professor Josinaldo, mais conhecido por Armandinho de Alto Bonito. Armandinho, como prefere ser chamado, é professor da rede municipal de ensino e já ocupou uma cadeira na Câmara de Vereadores do Bonito. Perguntado se ele também tem pretensões de voltar a concorrer a uma das 13 vagas, ele foi taxativo, "Nesse momento não, quero ajudar o grupo de outra forma", disse.

A disposição do grupo

O pleito eleitoral vai se aproximando e com isso vão aparecendo os nomes de possíveis pré-candidatos a ocupar uma cadeira na Casa Leônidas Vila Nova, nomes antigos da política já começaram a surgir, assim como de pessoas que tentarão pela primeira vez, porém, alguns nomes ainda não estão confirmados, é o caso do jovem Samuel Queiroz. Samuel é militante político desde a adolescência, quando fazia parte do movimento estudantil, sendo um dos fundadores do grêmio estudantil da escola Dr. Alexandrino da Rocha. Desde cedo mostrou vontade de participar ativamente da política e se colocou a disposição em ajudar o grupo do prefeito, seja na coordenação ou como candidato. Hoje, a frente da tesouraria, vem ajudando a município a se manter em dia com as contas, mas, mostra claramente a vontade de ajudar de outra forma, legislando em prol do município.

Além da vereança

O vereador Sargento Sorel vem mostrando um trabalho totalmente diferenciado no dia a dia, o vereador vem dividindo seu tempo com a vereança e a sua empresa de segurança privada. Sorel tem ajudado a polícia a combater a criminalidade no município, recentemente o vereador participou de várias prisões em Bonito, todas com o apoio dos seguranças que prestam serviços para sua empresa. Na Câmara de vereadores Sorel tem mostrado um trabalho voltado para essa área, sempre buscando parcerias e investimentos para a segurança de todos.

Homenagens devidas

a Câmara de Vereadores do Bonito tem realizado nas suas últimas sessões uma série de aprovações de projetos de lei dando nome de pessoas a ruas do município. Recentemente os nomes dos ex-vereadores Flávio Nogueira, Fernando Pessoa e Raimundo Torres, foram aprovados para nomear as ruas do Conjunto Residencial José Bruno de Albuquerque César, agora foi a vez do ex-vereador Narciso Ferreira da Silva, o popular Didi da Colônia, Didi dará o nome a Creche da Colônia, bem como, a rua a qual ele morou depois que deixou a vida no campo e veio morar na cidade.

Câmara itinerante

Um projeto, que já foi realizado em outras legislaturas, pode está de volta, trata-se da Câmara Itinerante. O autor do requerimento pedindo a volta da CI foi o vereador Paulo Sérgio, o Paulinho de Devá. A ideia é levar as reuniões da Câmara de Vereadores para os distritos, povoado e comunidades de todo município, levando para perto das pessoas o trabalho do vereadores. Se Maomé não vai até a montanha, a montanha vai até Maomé.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

6 anos levando a notícia com responsabilidade.

6 anos levando a notícia com responsabilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...