Publicidade


segunda-feira, 13 de julho de 2015

TIPOS DE DEFICIÊNCIA - POR SUELI SILVA

Para dar continuidade ao conhecimento e entendimento dos nossos temas, observamos a necessidade de falar um pouco dos tipos de deficiência. Primeiramente lembramos que segundo a Organização Mundial da Saúde - O.M.S. - Deficiência é o termo usado para definir a ausência ou disfunção de uma estrutura psíquica, fisiológica ou anatômica, que pode gerar a incapacidade ou limitação no desempenho das mais diversas atividades.

Deficiência Física - é a alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, são várias causas que geram essa deficiência porém um dos maiores fatores de risco  são a violência na sociedade e no trânsito. Apresenta-se sob as seguintes formas:

- Paraplegia: Paralisia dos membros inferiores.
Paraparesia: Paralisia incompleta de nervo ou músculo dos membros inferiores ou superiores que não perderam inteiramente a sensibilidade e o movimento.
Monoplegia : Paralisia de um só membro ou grupo muscular.
Monoparesia: Paralisia incompleta de nervo ou músculo de um só membro que não perdeu inteiramente a sensibilidade e o movimento.
Tetraplegia :Paralisia dos quatro membros.
Tetraparesia : Paralisia incompleta de nervo ou músculo dos membros inferiores e superiores, que não perderam inteiramente a sensibilidade e o movimento.
Triplegia : Paralisia de três membros.
Triparesia : Paralisia incompleta de nervo ou músculo de três membros, que não perderam inteiramente a sensibilidade e o movimento.
- Hemiplegia : Paralisia de um dos lados do corpo.
- Hemiparesia : Paralisia incompleta de nervo ou músculo de um dos lados do corpo, que não perdeu inteiramente a sensibilidade e o movimento.
 
Deficiência Visual trata-se de uma situação irreversível de diminuição da resposta visual, em virtude de causas congênitas ou hereditárias, mesmo após tratamento clínico e/ou cirúrgico e uso de óculos convencionais. A diminuição da resposta visual pode ser leve, moderada, severa, profunda (que compõem o grupo de visão subnormal ou baixa visão) e ausência total da resposta visual (cegueira).
 
Segundo a OMS, a pessoa com baixa visão ou visão subnormal é aquela que apresenta diminuição das suas respostas visuais, mesmo após tratamento e/ou correção óptica convencional, e uma acuidade visual menor que 6/18 à percepção de luz, ou um campo visual menor que 10 graus do seu ponto de fixação, mas que usa ou é potencialmente capaz de usar a visão para o planejamento e/ou execução de uma tarefa.
 
 
Há vários tipos de classificação. De acordo com a intensidade da deficiência, temos a deficiência visual leve, moderada, profunda, severa e perda total da visão. De acordo com comprometimento de campo visual, temos o comprometimento central, periférico e sem alteração. De acordo com a idade de início, a deficiência pode ser congênita ou adquirida. Se está associada a outro tipo, como surdez, por exemplo, a deficiência pode ser múltipla ou não.


Deficiência auditiva é  a perda parcial ou total das possibilidades auditivas sonoras. Uma pessoa com audição normal é capaz de ouvir até o tic-tac de um relógio despertador.A deficiência auditiva  varia em níveis :
Surdez Leve ( de 25 a 40 decibéis) : a pessoa não ouve o tic-tac, mas escuta um sussurro.
Surdez Moderada (de 41 a 55 db) : apresenta dificuldades para utilizar o telefone.
Surdez Acentuada (de 56 a 70 db) : não consegue ouvir campainha, televisão e nem o telefone tocar.
Surdez Severa (de 71 a 90 db ): a pessoa só consegue ouvir sons muito altos, como por exemplo o barulho causado por uma impressora rotativa.
Surdez Profunda (acima de 91 db): só conseguem perceber ruídos muito fortes como os provocados por uma turbina de avião.
Anacusia : Surdez total

Deficiência Mental - funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestação antes dos dezoito anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como: 
- comunicação;
- cuidado pessoal;
- habilidades sociais; 
- utilização dos recursos da comunidade; 
- saúde e segurança;
- habilidades acadêmicas;
- lazer; e
- trabalho; 
- deficiência múltipla - associação de duas ou mais deficiências.



As pessoas com  Deficiência Mental não são afetadas da mesma forma, assim, dependendo do grau de comprometimento. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, em 1976, essas pessoas eram classificadas como portadoras de deficiência mental leve, moderada, severa e profunda.

Contudo, atualmente, tende-se a não enquadrar previamente a pessoa com deficiência mental em uma categoria baseada em generalizações de comportamentos esperados para a faixa etária.

O nível de desenvolvimento a ser alcançado pelo indivíduo irá depender não só do grau de comprometimento da deficiência mental, mas também da sua história de vida, particularmente, do apoio familiar, dos estímulos, do convívio na sociedade e das oportunidades vivenciadas. 

No Brasil, segundo o IBGE, existem 45,6 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, cerca de 23,9% do total da população convivendo nas mais diversas situações e com diferentes níveis de limitações conforme sua deficiência, porém a maioria delas poderia estudar e trabalhar se para ter uma vida digna e participativa na sociedade se tiver  oportunidade,. 
As deficiências podem ter origem genética, surgir no período de gestação, em decorrência do parto ou nos primeiros dias de vida do bebê. Podem ainda ser consequência de doenças transmissíveis ou crônicas, perturbações psiquiátricas, desnutrição, abusos de drogas, traumas e lesões. 
Algumas medidas preventivas podem evitar muitos casos. Os exames pré-natais e pós-natais, como os testes da orelhinha e do pezinho, servem para verificar se alguma doença genética se manifestou.  Todos os tipos de cuidados , prevenção, informação e orientação são muito importantes em todas as fases da nossa vida, porém se isso acontecer mesmo antes da gestação os benefícios serão maiores e os riscos bem menores.


Fonte: CONADE




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

6 anos levando a notícia com responsabilidade.

6 anos levando a notícia com responsabilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...