Publicidade


segunda-feira, 11 de maio de 2015

POLITEIA: BASTIDORES DA POLÍTICA BONITENSE



Homenagem a Zé Soldado

Nada mais justo de homenagear pessoas que durante toda sua vida prestaram serviços para a sociedade, e foi pensando nisso que o vereador Ítalo Damasceno apresentou um projeto de Lei para dar o nome de José Cabral da Silva, popularmente conhecido por Zé Soldado, a uma Rua localizada no Bairro do Veloso. José Cabral é natural de Bonito e serviu a Polícia Militar durante 35 anos, o mesmo faleceu em janeiro de 2007. Sua esposa, Luzenilda Cabral e seu filho Junior Cabral estiveram presentes para ver a aprovação por unanimidade do projeto.


Conhecendo a Câmara

Os alunos do curso de Administração da Escola Técnica Estadual em Bonito, liderados pela Professora Sara Fabiana, estiveram presentes na ultima reunião da Câmara de Vereadores para conhecer de perto como é o trabalho de um parlamentar. Os alunos estão participando de um trabalho sobre Direitos e Cidadania e Direitos Políticos e tiveram a oportunidade de conhecer de perto uma reunião de vereadores. O trabalho no dia-a-dia, apresentação de projetos e requerimento e bate boca entre alguns parlamentares foram presenciado pelos alunos.



Polêmica nas cores

Um Projeto de Lei de autoria do vereador Ronaldo do Inhame, causou um reboliço na Câmara de vereadores essa semana, o referido projeto obriga a gestão atual e futuras, que utilize as cores predominantes na bandeira do município, o objetivo é evitar que prefeitos utilizem as cores partidárias nos prédios públicos e passem a usar as cores que realmente são predominantes na bandeira. Alguns vereadores estão se posicionando contra o projeto, preferindo a utilização da cor do partido a cor do município.



Transporte digno


Foi com esse pensamento, que os vereadores Paulinho de Devá, Wladymir Espíndola, Breno César e Toinho da Granja solicitaram do Senador da República, Douglas Cintra, a doação de uma Van tipo Sprinter para transportar as mulheres com Câncer de Mama para a realização do tratamento na Capital. Segundo os vereadores, o transporte desse tipo de paciente deve ser exclusivo e confortável. Recentemente, o vereador Paulinho de Devá denunciou a situação precária em que as mulheres são submetidas para viajar até a cidade de Gravatá para realização de exames de mama, elas estavam sendo obrigadas a ratear o custo da viagem. 


Conscientização 

Desde que o trabalho de reorganização do trânsito na cidade começou a ser feito pela prefeitura, a mobilidade melhorou em mais de 80%, mesmo com um pouco de despreparo de alguns orientadores de trânsito, não pode se negar de que muita coisa melhorou, porém, existe algo preocupante nessa história, a conscientização das pessoas. A falta de conhecimento e a teimosia de alguns motoristas ainda prejudica o trabalho não só dos orientadores, como de outros motoristas que respeitam e obedecem a sinalização das placas. O resultado não será alcançado apenas com o trabalho da prefeitura, é preciso que a população se conscientize dos seus deveres para mais na frente cobrar o que é seu por direito.

Um comentário:

  1. Enderson Cavalcanti11 de maio de 2015 10:15

    Comentários pertinentes! Mas ao meu ver, o despreparo e ação de "vista grossa" de alguns orientadores(Não falo todos, é fato que muitos dos orientadores são bem instruídos e bastante educados, e parabenizo os mesmos desde já) de trânsito é uma causa bastante relevante para tal desarranjo transitório. A exemplo da avenida que por várias vezes que passei e vi Carros no local de para de motos, e vice-versa. É de suma importância que a prefeitura viabilize cursos preparatórios constantes para os mesmos.

    ResponderExcluir

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

6 anos levando a notícia com responsabilidade.

6 anos levando a notícia com responsabilidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...